The Voice Of The People

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Midnite

A banda Midnite é originária da ilha de St. Croix nas Ilhas Virgens Americanas. A banda foi fundada pelos irmãos Benjamin, Vaughn (vocal) e Ron (teclado), e tocam desde 1989. O som da banda acompanha o tradicional “Reggae Roots” da Jamaica, da década de 1970. As composições da banda são caracterizadas pelo estilo “chant and call”, que dá a sua música um intenso sentimento Rastafári. As músicas são geralmente focadas nos males da opressão, nas falhas inerentes dos ajustes políticos, econômicos e sociais numa escala global, e na salvação da humanidade através da fé em Jah (Deus, segundo o Movimento Rastafári).
Os irmãos Benjamin's
No início, Midnite era uma das promessas mais arrepiantes do reggae raiz do milênio, o que se consolidou com o passar dos anos. As letras profundas e inovadoras do Midnite são sinceras e enraizadas profundamente para apresentar a outra metade da história. Suas gravações são repletas de mensagens dignas de horas de reflexão. A voz elétrica do vocalista principal Vaughn Benjamin, parece um apanhado de muitas grandes vozes no reggae. O estilo potente de Vaughn e os teclados marcantes do seu irmão Ron, dão forma ao núcleo da banda, que inicialmente era um quinteto que incluía Dion Hopkins (bateria), Philip Merchant (baixo) e Abijah (guitarra). Hoje os integrantes são seis, Christian Molina (baixo), Ras L. (teclado), Edwin Byron (guitarra), Ron (contrabaixo) e Vaughn Benjamin (vocal).
Desde o retorno as Ilhas Virgens, o nome Midnite tornou-se maior parte associado com o vocalista Vaughn Benjamin e os registros da banda raramente como unidade. A maioria com Vaughn nos vocais e um grupo de colaboradores tocando ou produzindo.
Midnite cria as letras baseadas na cultura do Reggae Roots da “antiga escola” somadas a
experiências modernas do cotidiano, criando assim um encontro original em forma de música. Despido e cru é uma descrição perfeita para o “estilo musical das raízes clássicas” de Midnite, em que renunciam as “modas” do estilo. “Unpolished” é um dos títulos mais marcantes que inclui clássicos como “Don’t  Move”, “Mama Africa” e “Love Your Life You Live”. O álbum “Ras Mek Peace” foi gravado usando somente dois canais e foi remasterizado sem nenhum reverb, filtros, compressões ou equalizações. Canções como “Hieroglyphics”, em que o graffiti é comparado aos hieróglifos do Egito antigo, deixa evidente as letras inteligentes e concretas que são características das músicas do Midnite.
Depois do lançamento do álbum “Ras Mek Peace”, o Midnite retornou para viver em St. Croix de modo que pudessem trabalhar com os músicos locais e fazer gravações em seu laboratório sem nenhuma interferência externa. Os frutos desse trabalho pode ser encontrado em “Jubilees of Zion”, que foi lançado em seu próprio selo independente da gravadora “African Roots Lab.”. Os ritmos expansivos, hipnóticos continuam, ao lado de mensagens de paz, irmandade universal e resistência cultural da Babilônia. O lançamento de “Seek Knowledge Before Vengeance” trouxe o bom e velho Reggae Raiz a tona.

Midnite explode em performances ao vivo com shows que excedem frequentes 3 horas. Nomes como Steel Pulse, Barrington Levy, Hugh Masekela e Gladys Knight & the Pipscolabora, frequentemente dividiram palco com Midnite, sem contar suas colaborações com artistas do African Roots Lab., como Dezarie e Ikahba.
Seu som vigoroso, rígido, dirigido pelas linhas de baixo cria uma vibração que penetra diretamente ao coração. Midnite é uma das bandas mais emocionantes do cenário Reggae hoje. Outro ponto que mostra a forte influencia da vanguarda das raízes de Midnite, é o frequente lançamento de novos trabalhos, assim como acontecia com grandes artistas da década de 1970, lançando dois, três ou até mais discos por ano. O resultado disso é uma discografia com mais de 45 discos em um pouco mais de 20 anos de carreira do Midnite.
O lançamento mais recente de Midnite é o álbum “Be Strong” (2013), e a banda já vem trabalhando em um novo álbum que será intitulado como “Lion out of Zion”, provavelmente para o primeiro semestre de 2014, nas minhas anotações o 48º álbum da banda.
O som do Midnite é muito forte só pela melodia hipnotizante e cheia de misticismo que nos leva a uma viagem única à vanguarda das raízes do reggae e das vibrações positivas. Esse som alinhado as mensagens intensas, nos alertando aos males da opressão, da política má, desigualdades sociais e na salvação da humanidade através de mensagens de paz, irmandade, respeito, união e fé em Jah (Deus).


“Ame a vida que você vive.
Você deve levar a vida que você ama”. (Midnite – Love The Life You Live)

Fonte:
www.midnite.com/bio.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário